1 2 3 4

Você ainda está em mim


E a cada tentativa 
em ser forte, 
mais fraca eu fico.
E a cada tentativa de fugir,
mais voltas eu dou. 
Eu imploro 
em silencio
e só para a noite e meus textos 
o quanto eu ainda te quero, 
o quanto eu ainda te espero. 

Eu choro, 
no meio da madrugada 
ao perceber que meu coração ainda é teu,
que você ainda faz morada 
nas minhas lembranças, 
me rouba os sonhos,
me transborda de saudade. 

E eu luto,
cada parte do meu coração 
quer lutar, 
levantar, 
virar a pagina, 
seguir em frente, 
mas você aparece, 
por meio de uma música,
por meio daquele casaco que ainda guardo, 
me rouba uma lagrima, 
um sorriso, 
me enche de esperança, 
e quem sabe um dia 
eu supere
ou você aparece. 

12 comentários:

  1. Que texto lindo, adorei
    http://blogmeninaousada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que amor, muito bom mesmo. Parabéns!
    ♥♥♥♥♥♥

    http://listadasnuvens.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Que perfeito, lindo, amo poemas e escrevo ~~ mas fico sem coragem de postar no blog~~.
    Amei <3

    Blog: Like The Moon
    Página no Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, entendo! Também estava assim, mas abri mão da vergonha. Faça o mesmo ♥ Beijos!

      Excluir
  4. Muito lindo o seu poema, o amor muitas vezes é assim, querer não ter. :/
    E Aléxia, lembra de um texto que você mandou la para o meu blog? Então ele foi publicado, demorou, mas foi kkk e muito obrigada pela sua participação viu ♥

    Beijos
    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, Dayane, obrigada pela oportunidade! Irei conferir agora mesmo. Que bom que gostou do meu texto, tanto desse quanto do que publicou. Beijos!

      Excluir
  5. Que poesia linda! Poxa, me identifiquei muito com ele, hehe. Parabéns! ♥
    (E desculpa por não ter aparecido por aqui, deu uns probleminhas... Mas já estou de volta :D)
    http://totalmenteanta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, entendo, mas senti sua falta em! Que bom que gostou! Obrigada ♥ Beijos!

      Excluir
  6. Bom poema. A dor nos corroi mesmo!
    Se quiser, conheça as novidades das minhas páginas tbm. http://amorenagatinhamake.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que poema lindo, super fofo!

    Bjus ♥ http://alanacrist.blogspot.com.br/#

    ResponderExcluir
  8. Ai que poesia mais linda (e sofrida). Lembrei de mim uns meses atrás, doí tanto amar errado, amar quando não é reciproco :/

    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
  9. Me emocionei com a poesia e lembrei de uma pessoinha aí :( Adorei a sua escrita. Beijos <3
    vinteedoisdedezembro.blogspot.com

    ResponderExcluir

© Meninas Quase Invisíveis | Layout por A Design