1 2 3 4

Um ponto final.


Querido ex-amor...


Chega uma hora que a gente cansa né? E comigo também é assim. Qual é? Eu também sou humana, também tenho sentimentos e também fico triste, arrasada, irritada, e nem sempre isso acontece só quando estou de TPM. Eu sei, eu sei que falei que nunca ia deixar de te amar- e provavelmente isso seja verdade-, que ia sempre está ao seu lado aconteça o que acontecer, o problema é que para ficar ao seu lado eu tive que deixar um lado meu, que por ironia do destino é meu maior lado, de fora. Sendo assim, para te satisfazer e te fazer feliz, eu tive que abrir mão das coisas que me deixam feliz, e que por outra ironia do destino, são bem diferentes das suas.

E como as nossas definições de felicidade são diferente, às vezes me espanto quando olho para trás e vejo o tanto que duramos mesmo sendo tão diferentes, peças completamente opostas. Enquanto você queria ir para aquela balada lá do centro da cidade, dançar, beber e logo depois comer aquele cachorro quente que fica perto do ponto do ônibus, eu queria ficar em casa, pedir uma pizza -você até poderia escolher o sabor- e logo depois colocar um de meus filmes preto e branco de amorzinho épico.

Olha, eu cometi vários erros e você cometeu inúmeros, eu sei que você deve está pensando que isso é só uma fase e que logo vai passar, só que a verdade é que nosso relacionamento, até mesmo antes de ser um relacionamento, sempre foi repleto de fases e o pior de tudo é que essas fases nunca foram terminadas, apenas deixadas de lado, esquecidas.


Eu sei que no momento tudo estava perfeito, nossas brigas tinham parado e nós estávamos concordando mais com tudo, só que no fundo eu sei, e você também sabe que isso é só questão de tempo, que bastava uma gota de água para fazer o mar calmo e sereno se tornar um tsunami. E no momento eu estou querendo paz e tranqüilidade, calma! Não estou dizendo que quero encontrar outra pessoa que me traga paz, o que eu quero dizer é que antes de eu encontrar outra pessoa, eu quero me encontrar para depois eu saber o que procurar.

Desculpe se estou te magoando por estar escrevendo ao invés de estar falando tudo isso, mas você sabe que eu nunca conseguiria falar tudo isso para você, a prova disso é o ponto em que deixamos nosso relacionamento chegar. Tudo o que fizemos juntos sempre ficou com vírgulas, interrogações ou simplesmente sem pontuação nenhuma, por isso nunca conseguimos seguir em frente e sempre acabamos voltando para onde tudo começou, mas aqui estou eu para colocar logo nessa historia toda a pontuação que ela merece. Um ponto final.

Bom pessoal, esta foi minha crônica e acho que foi uma das melhores que já fiz, lembrando que tudo isso é fictício, não tem nada haver com a realidade, pelo menos não com a minha! Espero que tenham gostado, deixe um comentário, vale muito para mim! Beijinhos beijinhos, curta a pagina do facebook e me ajude a bater a nova meta do blog, e até mais! 

            

27 comentários:

  1. Boas ideias, porém, um texto sem concordância com as normas da língua portuguesa. Podes rever o texto e arrumar alguns errinhos, quem sabe... Mas gostei da mensagem que quisesses passar! ;D

    ResponderExcluir
  2. Nossa ficou PERFEITO ! parabéns !!!!!

    ResponderExcluir
  3. amei o ultimo paragrafo :)

    ResponderExcluir
  4. Seu texto ficou muito lindo, a ideia ta super legal e voce passou muito sentimento atraves das frases. Amei, tenho certeza que muita garota vai manda esse textinho pro amado!

    ResponderExcluir
  5. Janaína, desculpe, agora eu fui reler ele com mais cuidado e vi que realmente tem alguns erros, ou vários. Mas é que eu escrevi de madrugada e acabei não reparando muito nos erros, vou ficar mais atenta a isso, obrigada!

    ResponderExcluir
  6. Gente! Eu atualizei a pagina e apareceu esse monte de comentários que me deixaram muito emocionada, vocês são uns amores, se pudesse dava um abraço em cada um de vocês, obrigada vocês me deixaram muito feliz ♥

    ResponderExcluir
  7. Estou na mesma situação da "garota" dese texto, sabe, tenho duvidas se eu o amo mesmo. Se devo por um ponto final ou continuar.. Por que sempre penso, quem ama tenta, por que o amor não é perfeito, ninguem acha ninguem perfeito, temos que nos moldar para que de certo...

    ResponderExcluir
  8. Vi na pagina do face voce postando esse link, e amei o texto !

    ResponderExcluir
  9. Anônimo, eu sou uma pessoa muito romântica e acredito que para o amor a gente sempre dá um jeito. Mas isso você tem que colocar em uma balança as coisas boas e as coisas ruins, o lado que pender... aí você já sabe!

    ResponderExcluir
  10. Apaixonei no texto e no blog ! Por favor me diz aonde arrumo esse design templante seu ? eu amei amei

    ResponderExcluir
  11. O Template foi do Julie de Batom, é free, mas eu fiz umas edições. Que bom que gostou do meu blog e do texto ♥

    ResponderExcluir
  12. posta com mais frequência textos ? eu amei seu texto me inspira !

    ResponderExcluir
  13. Aléxia, como você conseguiu mudar a foto do seu cabeçalho nesse templante ?

    ResponderExcluir
  14. Vi o seu blog em um dos grupos de divulgação do Facebook e resolvi vir conferir. Confesso que me identifiquei com o seu texto. Ano passado tive um relacionamento, no qual eu me dediquei muito pra fazer dar certo, e acabei deixando de "ser" quem eu era para agradá-lo, mas conforme o tempo foi passando, eu percebi que não valia a pena abrir mão de mim por outra pessoa. Então eu segui em frente,

    Parabéns pelo blog, está lindo.

    ResponderExcluir
  15. Sascha (da/em Alemanha)5 de agosto de 2013 05:50

    Muito bem escrito, boa metáfora.
    O amor muitas vezes exige compromisso, mas não auto-abandono.
    O amor nem sempre requer os mesmos interesses, mas a compreensão do outro.
    O amor é um estado e - ao mesmo tempo - o desenvolvimento - que é o problema.
    Em primeiro lugar, o interesse é despertado quando encontramos uma pessoa legal e/ou atraente.
    Qual é a profundidade da compreensão e vontade de chegar a um acordo com a pessoa, o tempo vai mostrar - pode ser dias, meses ou anos.
    E mais: as pessoas estão mudando. Cada indivíduo por si. Cada minuto, cada hora, cada dia, cada mês, cada ano. Que amor tem de suportar, que também está relacionado com a distância entre as pessoas evoluir. Cada minuto, cada hora, cada dia, cada mês, cada ano...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Sascha (da/em Alemanha)... mais um vez5 de agosto de 2013 05:54

    ... boas metáforas. Desculpe... tô aprendendo ;-)

    ResponderExcluir
  17. Sascha (da/em) Alemanha - apostila5 de agosto de 2013 07:54

    Tá com medo de amar, é?
    Tá com medo do amor e aí?
    Deixa a página virar, é
    Deixa o coração em flor se abrir

    Quando eu der um sorriso tu me dá um beijo
    Vai virar sua cabeça, vai perder o medo
    Tá com medo de amar, é?
    Tá com medo do amor e aí?
    Deixa a página virar, é
    Deixa o coração em flor se abrir

    Quando eu der um sorriso tu me dá um beijo
    Tudo em você é novo
    Queima de desejo
    Ta com medo de amar, é?
    Ta com medo do amor e aí?
    Deixa a página virar, é
    Deixa o coração em flor se abrir

    Vai beijando a minha boca, tirando a roupa
    Como se fosse da primeira vez
    Vai curando o sentimento, num movimento
    Num carinho que a gente fez (2x)

    Quando eu der um sorriso tu me dá um beijo
    Vai virar tua cabeça, vai perder o medo
    Tá com medo de amar, é?
    Tá com medo do amor e aí?
    Deixa a página virar, é...
    Deixa o coração em flor se abrir

    Vai beijando a minha boca, tirando a roupa
    Como se fosse da primeira vez
    Vai curando o sentimento, num movimento
    Num carinho que a gente fez (2x)

    Tá com medo de amar, é?
    Tá com medo do amor e aí?
    Deixa a página virar
    Deixa o coração em flor se abrir

    Tá com medo de amar, é?
    Tá com medo do amor e aí?
    Deixa a página virar, é
    Deixa o coração em flor se abrir.

    ;-)

    Beijinhos de Sascha!

    Ps.: Medo de Amar, Claus e Vanessa

    ResponderExcluir
  18. Linda a sua crônica :')
    Se puder e quiser dá uma passadinha lá no meu cantinho, assim ajudamos umas as outras e crescemos juntas!
    http://n-bodycares.blogspot.com.br/2013/07/look-do-dia_31.html

    ResponderExcluir
  19. Nossa, que linda, sério! Améi muito Aléxia! É agonizante quando chega numa fase do relacionamento em que nada mais se resolve e certas medidas são necessárias mesmo! Mas uma hora olhamos pra trás e vemos que nada mais foi do que um obstáculo, apenas!

    Amo seu blog, queria deixar bem claro! hahaha :)))

    Aqui vai o meu, se quiser dar uma olhadinha:
    www.naocontapraninguem.com

    Beijos linda, muito sucesso! <3

    ResponderExcluir
  20. Adorei! Você escreve muito bem, parabéns!
    Escrevo cronicas tbm, se quiser dar uma olhada - www.aiiquelindo.com

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. gostei muito faz isso mais vezes *-*Novo post no blog Faça você mesma
    http://kauannecarvalho.blogspot.com.br/2013/08/faca-voce-mesma.html

    ResponderExcluir
  22. Que texto ótimo! Você escreve com muita sensibilidade, e isso não é fácil. Parabéns!
    Eu também escrevo um pouco,
    incansaveldreamer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Seu texto descreveu o que eu sinto! Parabéns! Lindo mesmo.

    ResponderExcluir
  24. Olá, boa noite. Conheci seu Blog no Grupo Um amor de Blog e já estou te seguindo, quero te convidar a participar do grupo Caixa de Música:https://www.facebook.com/groups/caixademusica/

    Está acontecendo um sorteio no meu Blog muito interessante, seria um enorme prazer que participe:

    http://www.reginaldosillva.com/2013/08/sorteio-cd-de-jorge-vercillo-livro.html

    SUCESSO!

    ResponderExcluir
  25. Que bom que se identificou Gabriela! <3

    ResponderExcluir

© Meninas Quase Invisíveis | Layout por A Design